Um vestido de noiva para você

Romântica ou prática. Moderna, ousada, ou tímida e retraída. Sóbria, concentrada, ou risonha e aventureira. Clássica. Contemporânea. Excêntrica…

Uma delas é você. Ou mais de uma. Seja qual for, é mulher. Mulher que ama e quer que esse amor transpareça no olhar, no sorriso, no encantamento… e na roupa que revela seu jeito de ser a caminho do companheiro para a vida toda que a espera no altar.

Seja você como for, um dos vestidos de noiva abaixo pode ser o seu. Escolha.

Crédito:www.zankyou.pt

 

Crédito:www.zankyou.pt

 

Crédito:www.zankyou.pt

 

Crédito:www.zankyou.pt

 

Crédito:www.casamentos.com.br

 

Crédito: www.casamentos.com.br

 

Crédito: www.casamentos.com.br

 

Crédito: www.casamentos.com.br

 

Crédito: www.casamentos.com.br

 

Crédito: www.sanpatrick.com

 

Crédito: www.sanpatrick.com

 

Crédito: www.sanpatrick.com

 

Crédito:estilo.uol.com.br

Lista de convidados do casamento é muito importante!

lista de convidados do casamento

Muitos noivos acham que a lista de convidados do casamento é a pior parte da organização do evento, pois ela gera muita indecisão e desconforto ao casal.

Com quanto tempo de antecedência a lista de convidados do casamento deve ser elaborada?

A lista de convidados deve ser feita já no começo do planejamento.  Só depois de definida a lista você terá a noção do número de pessoas, tipo de festa e orçamento da recepção. Mesmo para um casamento realizado somente na igreja  é necessário saber a quantidade de pessoas presentes,  para encontrar um local onde melhor acomodar seus convidados.

O cuidado com a lista deve ser redobrado: é importante saber que ela deve sempre levar em conta o orçamento, pois o custo de muitos itens da recepção é calculado pelo número de convidados. Por exemplo, o tamanho do bolo, a quantidade de convites, os doces, os bem-casados, as bebidas, o almoço ou jantar etc.

lista de convidados do casamento
Foto: Áurea Andrade

Abaixo, algumas dicas para auxiliar você na montagem da lista de convidados do casamento

  • Um erro comum na elaboração da lista

Um erro comum é os noivos fazerem listas separadas. A lista final ficará mais extensa e, possivelmente, fora do orçamento.  O ideal é fazer a lista em conjunto, fica mais fácil reduzi-la depois.

  • Colegas de trabalho: convidar ou não?

Não há obrigação de convidar, pois o casamento é um evento íntimo e não a melhor ocasião para fazer política ou discutir negócios. Normalmente, convida-se aqueles que já fazem parte da vida pessoal do casal, independente do trabalho. A dica é não comentar sobre o casamento no local do trabalho, para não criar expectativas. E não colocar o convite de casamento no mural, pois dá a entender que você está convidando a todos da empresa.

  • Convidados dos pais 

Se os pais dos noivos estão ajudando na festa, eles certamente vão querer convidar algumas pessoas de seu círculo de amizade. Determine uma cota de convites para que enviem a quem quiserem. E mesmo que eles não estejam ajudando nos gastos, é um gesto  carinhoso e educado; basta combinar um número adequado de pessoas para convidarem.

  • Convidar pessoas para a cerimônia e não convidar para a festa

Nunca faça isso, é muito deselegante e de mau gosto, e pode gerar mágoa e ressentimento.

  • Como fazer para cortar algumas pessoas da lista

Pense na proximidade que têm com elas e qual a real importância daquelas pessoas no dia a dia de vocês.  “Eu frequento a casa dela e ela, a minha?” “Elas são importantes para nós?” “Nós nos encontramos sempre?” As respostas podem ajudar a definir a lista de convidados do casamento.

  • Como agir com pessoas que se convidam para o casamento?

Tente explicar delicadamente aquele é um momento que será comemorado com pessoas muito próximas e com familiares. Vocês  podem dizer também que será um evento pequeno e que o espaço não comporta um grande número de convidados.

  • A antecedência necessária para enviar os convites

Geralmente, os convites são enviados com 30 dias de antecedência; mas nós,  da ATO Cerimonial, acreditamos que o ideal seriam seis ou sete semanas, para dar tempo de entregar todos os convites e de as pessoas se prepararem com alguma folga. Para convidados que moram fora, o ideal seriam pelo menos dois meses.

  • Para confirmar a presença

Encerre sempre o convite com o clássico RSVP até o dia XXX. (O francês Répondez s’il vous plaît quer dizer “Responda, por favor”.) É importante que os convidados confirmem presença para dar tempo de eventuais alterações ou acréscimos nas providências da festa.

A lista de convidados do casamento: já iniciou a sua?

Se você utiliza algum critério que não mencionei neste post, participe dos comentários,  dando dicas para outras noivas. E se gostou do post, compartilhe!

Aproveite que está aqui e leia as Dicas de etiqueta para cerimônia e recepção de casamento. Te vejo por lá!

 

 

Assessoria de casamento: a importância de contratar uma

assessoriadecasamento

A assessoria de casamento é uma função essencial para melhor resultado do evento. Pode parecer fácil de realizar, mas  exige muita dedicação e responsabilidade.

Além de cuidar de todos os detalhes de seu casamento, nós, assessores, exercemos vários papéis. Somos consultores financeiros e, muitas vezes, psicólogos.

Contratar uma assessoria de casamento é fundamental. O assessor experiente sabe o que deve ser feito, estabelece prioridades, dá organicidade aos preparativos, à cerimônia e à festa. Os noivos, em geral novatos no assunto, podem cometer sérios equívocos, se assumem esse papel. E podem pôr tudo – ou muito – a perder. O casamento é um momento único, e a ocasião deve ser maravilhosa, inesquecível.

O diferencial da experiência

A experiência do assessor de eventos é indispensável. Ele precisa entender um pouco de cada aspecto de uma cerimônia e festa. Da decoração, do buquê, do cardápio, da iluminação, passando pelo gerador de energia, pelos estragos em alguma roupa, por eventuais indisposições de convidados e assim por diante. Diante de imprevistos, a presença de  profissionais que saibam como solucionar as questões e, principalmente, que tenham jogo de cintura é a chamada “mão na roda”… E a experiência, nesse momento, faz todo o diferencial.

assessoria de casamento
Foto: Adriana Porto

Assessoria de casamento e planejamento

Uma boa assessoria de casamento, contratada desde o início, ajuda a evitar erros lá na frente. Dentro do orçamento dos noivos e de acordo com o número de convidados, os assessores identificam com propriedade o perfil dos noivos e podem ajudar muito. Na escolha dos melhores locais para a cerimônia e a festa, na escolha de bons fornecedores; na assinatura de contratos com os fornecedores; no planejamento e na organização de um cronograma de prioridades para cada mês.

assessoria de casamento
Foto: Spiritolibero

A assessoria-dia:

Já a chamada assessoria-dia é mais complicada. Aqui, os noivos resolvem praticamente tudo, e os assessores-dia precisam estar presentes somente para a realização da cerimônia e da festa. Nesses casos, muitas vezes percebem-se falhas que podiam ter sido evitadas. Falhas em contratos já assinados com fornecedores; contrato de “boca” feitos por alguns noivos com profissionais do evento, sem garantia do cumprimento do combinado; espaços contratados sem a verificação do alvará de funcionamento, o que pode comprometer o evento, e assim por diante.

A importância da pesquisa

É sempre bom fazer pesquisa, pedir a opinião de amigos, familiares, ex-clientes, para investigar as referências da assessoria de casamento que se quer contratar. E sempre desconfiar de empresas que cobram valores muito baixos: nesse caso, podem estar ganhando “por fora”  comissões  sobre o valor de outros fornecedores. Isso encarece em cerca de 10 a 20% o valor final de um evento. Empresas sérias não ganham em cima do fornecedor que indicam.

Por tudo isso, recomendamos cuidado para escolher uma assessoria de casamento e uma antecedência confortável de mais ou menos um ano para dar início aos preparativos de seu casamento. Afinal, de certa forma, ele começa no primeiro passo, nos primeiros papos…

Assessoria de casamento: já escolheu a sua?

Aproveite que está aqui e leia as dicas de etiqueta para cerimônia e recepção de casamento. Te vejo por lá!

O amor também vem nas mãos

E vem em formatos, estilos, cores e combinações variadas. Para cada noiva, um tipo de buquê: o que ela sente como seu, o que quer ter nas mãos a caminho do sim, representando o que sente e o que quer levar para a vida a dois. Por isso, é muito importante a escolha do buquê, no que você pode ser ajudada pelo estilista que criará seu vestido e pelo decorador que irá fazer o seu buquê.

1- Aposte na combinação de plantas suculentas para compor o buquê de noiva. Além de ser diferente, colorido e bonito, esse arranjo suporta dias mais quentes. Essa ideia é ótima para quem pretende realizar um casamento no campo, com toques rústicos.

 

2- O buquê com as flores em tons pastel configura uma tendência muito forte para o ano de 2017. A fim de reforçar um estilo vintage ou boho chic.

3- A mistura de flores com cores vibrantes e vivas, como amarelo, roxo, azul ou laranja dão um toque jovial e alegre ao buquê.

4-  A orquídea pode ser usada para compor buquês elegantes e modernos. Para quem não sabe, a planta simboliza amor, desejo, perfeição, pureza espiritual, força, beleza.

5- Depois de fazer muito sucesso na Europa e nos Estados Unidos, a peônia faz parte do gosto das noivas brasileiras. É uma flor grande, delicada e perfumada, por isso pode ser usada para criar um buquê bastante sofisticado.

6-Casamento mais rústico pede um buquê diferenciado, de preferência elaborado com plantas e flores silvestres.  A composição pode ser levemente desestruturada, com espécies de diferentes tamanhos.

Fontes:

bloomingbrides.com.au

www.casaefesta.com

www.bridetobride.com.br

www.stylemepretty.com

Foto: rockthewedding.format.com / Decorador: Esther Couto

 

 

 

 

 

 

 

7 dicas de etiqueta para a cerimônia e recepção de casamento

Imagem: Adriana Porto

O casamento é um momento único e muito esperado, mas, para que o dia seja especial, seguem abaixo algumas dicas importantes:

1- Atraso da noiva

O atraso da noiva é indelicado, tanto que hoje os padres encurtam a cerimônia quando a noiva chega a igreja depois do horário.

2- Respeitar o convite

A lista de convidados é sempre uma questão muito importante para os noivos. É indelicado levar pessoas que não foram convidadas. Se o convite diz “Sr. Fulano e Família”, apenas os membros da casa estão convidados para o casamento. Quando está escrito “Sr. e Sra.”, o convite  é restrito ao casal. Pessoas que não foram convidadas e aparecem como “penetras” comprometem o evento como: a quantidade de alimentos, bebidas, lugares etc.

3- Confirmar ou não a presença

Evento bem planejado evita custos extras e surpresas desagradáveis. É importante e delicado confirmar a presença ou informar a ausência.

4- Levar adornos para casa

Objetos de decoração, guardanapos, taças e outros são geralmente alugadas pela empresa contratada para a festa. Levando-os para casa, o convidado corre o risco de ser barrado por seguranças. Além disso, os noivos pagam por esses objetos, gerando gastos extras para o casal.

5- Ocupar mesa reservada

Geralmente há mesas reservadas para pais dos noivos na recepção. Retirar as placas de reserva e acomodar-se nesses lugares é, no mínimo, desrespeitoso.

6- Colocar o celular em modo silencioso durante a cerimônia

É uma questão de educação e delicadeza.

7- Não atrapalhe os fotógrafos e os demais profissionais do evento

Entrar na frente dos fotógrafos pode comprometer os registros e o andamento da cerimônia e festa, pois foi tudo contratado e planejado juntamente com os noivos. Registrar os momentos importantes do casamento é função do profissional contratado.